Mudanças na prova de vida do INSS

A principal mudança é que a prova de vida deixará de ser presencial, passando a depender da atuação do INSS e não mais da iniciativa dos aposentados e pensionistas.

Ir até o banco onde o benefício é depositado não será uma prática extinta, mas a ideia é que isso ocorra apenas em última necessidade. A intenção é que o processo fique mais digital, evitando assim que as pessoas saiam de casa para conseguir realizá-lo.

AS MUDANÇAS NA PROVA DE VIDA DO INSS

Era preciso que o aposentado ou pensionista provasse ativamente que estava vivo.

Agora, é o INSS que deverá realizar essa comprovação. Dessa forma, não será mais necessário a ida até a agência bancaria.

Segundo João Badari, advogado especialista em direito previdenciário da ABL Advogados, a mudança é positiva para segurados do INSS, principalmente para aqueles com problemas para conseguir realizar o processo presencialmente, como no caso de pessoas doentes e acamadas e aqueles que moram longe de agências bancárias.

Para ler a matéria completa, acompanhe no Portal CNN Brasil, Ler matéria completa aqui.

Podemos ajudá-lo?

Mande uma mensagem e descubra como podemos te ajudar.