Telefone (11) 4509-4697 Whatsapp (11) 93146-4697

As verdadeiras regras para aposentadoria das donas de casa no Brasil

Por Dr. Thiago Luchin, sócio e especialista em Direito Previdenciário.

No Brasil ainda existe uma forte influência cultural familiar, na qual as mulheres são donas de casa e deixam de lado a sua vida profissional para cuidar principalmente dos filhos. E esse caminho trilhado por milhões de pessoas, influencia diretamente na aposentadoria. A grande maioria das mulheres desconhecem que mesmo em casa, possuem o direito de se aposentar. Na realidade, todo mundo sabe que a aposentadoria por idade do homem ocorre com 65 anos e da mulher com 60 anos de idade e o tempo mínimo de 15 anos de contribuição. Entretanto, poucos sabem que, para aqueles que tiveram vínculo anterior a 1991, não precisam ter os 15 anos de contribuição como o INSS divulga e informa aos segurados. O tempo de serviço ou carnê pode variar entre 5 a 15 anos, dependendo da idade de cada pessoa.

 

Na maioria dos casos, as esposas só descobrem que possuem esse direito porque o marido vai dar entrada no seu processo de aposentadoria e, ao consultar o especialista em planejamento de aposentadoria, fica sabendo que a dona de casa também pode se aposentar e com regras específicas.

 

A grande maioria das mulheres começa a trabalhar, contudo, nos primeiros anos de emprego, largam o trabalho para poder casar e, consequentemente cuidar da casa, dos filhos e da família. Em muitos casos, as donas de casa que já contribuíram para a Previdência Social, tem o direito de se aposentar com um planejamento que representa um baixo valor para pagar ao INSS e por pouco tempo, com uma vantagem na renda familiar da casa que é o de receber um benefício no valor de um salário mínimo.

 

Vale citar como exemplo, um caso de uma cliente que teve um gasto de R$ 2.520,00 em poucos meses de recolhimento para o INSS e recuperou este valor em menos de seis meses de aposentada. Outra grande vantagem é que, agora, além do benefício mensal, ela passou a receber 13°salário. Essa renda extra certamente é essencial para auxiliar no cotidiano da família e também no regaste a dignidade dessas mulheres, que trabalham mais em suas residências do que nos antigos postos de trabalhos.

Assista ao vídeo da Dona de casa que conseguiu se aposentar com menos de 15 anos de contribuição

Veja mais casos de sucesso do nosso escritório

Decidi me aposentar. Qual o valor do meu benefício?Clique aqui

Mulheres, suas vidas podem mudar com uma aposentadoria – Clique aqui

Podemos ajudá-lo?

Mande uma mensagem e descubra como podemos te ajudar.



Como nos Conheceu?