Cresce concessões de auxílio-doença para doenças psicológicas

Cresce em 2021 as concessões de auxílio-doença para doenças psicológicas.

Nos primeiros sete meses do ano foram liberados 108.263 benefícios por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) para os trabalhadores com transtornos mentais e comportamentais.

 

Dentre as 468 doenças, estão incluídos transtornos como:

 

  • Depressão
  • Ansiedade
  • Pânico
  • Esquizofrenia
  • Estresse pós-traumático
  • Transtorno bipolar
  • Fobia social.

 

As doenças mentais e de comportamento com maior número de concessões de auxílio-doença (Até Julho de 2021) :

 

  • Episódios depressivos  [10 868]
  • Transtorno misto ansioso e depressivo [9 031]
  • Outros transtornos ansiosos [7 869]
  • Episódio depressivo grave sem sintomas psicóticos [7 705]
  • Ansiedade generalizada [5 393]
  • Transtorno depressivo recorrente [ 4 913]
  • Entre outros.

 

Doença ocupacional

Para que os transtornos sejam reconhecidos como doença ocupacional, o trabalhador deve provar para a perícia do INSS que adoeceu em decorrência de suas atividades.

 

Acidente de trabalho

Segundo Julia Demeter do escritório ABL Advogados

“Funcionários que adoecem por depressão e esgotamento profissional em razão do trabalho têm reconhecido o acidente de trabalho”.

Para ler a matéria completa, acesse o Portal G1 Economia: Ler a matéria completa aqui.

 

concessão para o auxílio doença 2021

Podemos ajudá-lo?

Mande uma mensagem e descubra como podemos te ajudar.